Buscando a notícia para você desde 2007 - Costa do Sol - Ano 10 -

*Parábola : O acomodado


Certo dia um dono de uma loja em um shopping, preocupado com a baixa venda em seu estabelecimento, procurou um velho lojista no centro da cidade,conhecido pela sua gentileza e sabedoria,e disse-lhe desanimado:

-Senhor,nunca vi uma crise como esta. O pessoal vê, pergunta o preço, mas comprar que é bom,nada!

O sábio senhor responde:

-A crise de hoje é maior do que a do dia em que você abriu sua loja?
Garanto que você não tinha nenhum cliente e a loja inteira para pagar. 

Mas como era você?
Garanto que você ficava na porta sorrindo para quem passava. Convidava as pessoas para entrar na loja. Acompanhava os clientes até a porta, carregando o pacote deles.
Garanto que você ficou esperando o telefone tocar imaginando ser algum cliente, mesmo sabendo que ninguém tinha seu número de telefone. Você foi até a administração do shopping oferecendo-se para trabalhar na associação dos lojistas para "animar" o shopping, fazer um natal diferente, campanhas novas, etc.

Hoje,como é? O telefone toca e você grita:

"Alguém atenda!".

Os clientes querem falar com você e você se esconde! A associação dos lojistas chamou você para uma reunião sobre o dia das mães- você foi?

Ah,meu nobre colega, e você agora vem me falar de crise.

Meio sem jeito,com tantas verdades reveladas,o jovem lojista persistiu:

-Mas o que devo fazer?

Com toda paciência do mundo,o experiente lojista respondeu-lhe:

-Você perdeu a paixão do começo. Quando a gente perde a paixão do começo, perde o entusiasmo pelo que a gente faz. Quando perdemos o entusiasmo e a paixão, perdemos a vontade de empreender, de inovar, de criar coisas novas, de nos reinventar. E, sem isso tudo, a vida torna-se uma rotina desestimulante.
Começamos a andar para trás e a acomodação pessimista toma conta de nosso dia-a-dia.

Reflita:
Não se acomode. A parábola acima serve para todos os setores de nossa vida. Pense.