Buscando a notícia para você desde 2007 - Costa do Sol - Ano 10 -

Parábola : A Injustiça

Como se aproximava o dia da formatura do filho, o pai o chamou na sala de estudos e disse-lhe o quão orgulhoso se sentia por ter um filho tão bom e o quanto o amava. Então, ele entregou ao filho uma caixa de presente, lindamente embalada. 
Curioso abrindo a caixa, de certa forma, ficou desapontado. O jovem abriu a caixa e encontrou uma Bíblia de capa de couro, com o nome dele gravado em ouro. Irado, ele levantou a voz para o pai e disse-lhe: 

-Com todo dinheiro que você tem, você me dá uma Bíblia? 

Desapontado e com raiva o rapaz foi viver longe e fazer sua própria vida.

Muitos anos se passaram e o jovem se tornou um homem de sucesso nos negócios. Ele morava numa mansão e tinha uma família maravilhosa. Certo dia, porém, percebeu que não era uma pessoa completa e que seu pai já estava bem idoso e resolveu visita-lo. 
Ele não via o pai desde o dia da formatura. Antes que pudesse providenciar os preparativos da viagem, recebeu um telefonema informando-o de que o pai havia falecido. 
Constatou que ele havia deixado todas as suas posses em testamento para o filho único. 
Ele precisava imediatamente voltar à casa do pai e cuidar de tudo. 
Sentiu um misto de tristeza e arrependimento preencher seu coração, quando chegou à casa do pai. 
Começou a procurar, em meio aos importantes documentos e papéis do pai, e viu a Bíblia, ainda nova, exatamente como ele havia deixado há anos atrás em uma linda caixa.
Com lágrimas, ele abriu a Bíblia e começou a folhear suas páginas. Seu pai havia sublinhado cuidadosamente um versículo no livro de Mateus 7:11 onde se lia:

 "Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhes pedirem?"

Enquanto lia estas palavras, uma chave de carro caiu de dentro da Bíblia. Ela tinha um etiqueta com o número da revenda, a mesma que tinha o carro esporte que ele tanto desejara. Na etiqueta constava a data da formatura e a palavra "Pago"! e a frase:

"Parabéns meu filho, te amo"

Reflita:
Em certos momentos devemos primeiro sermos humildes para não errarmos sendo injustos com conclusões precipitadas.